sexta-feira, 26 de outubro de 2012

News de quinta...

Já me estou a rir só do que vou contar mas nem tudo deu para rir.

Chegamos (Eu e a J, a M e o namorado, V, iam lá ter depois), olhamos mas nada dos amigos novos (já agora o L, o T e o D). Epá, já começo ocultar factos, já tínhamos visto o D mas não entrou. Para ser sincera não estava com vontade de ver o L, tínhamos trocados umas mensagens um bocado chatas e estava aborrecida com ele, não me apetecia de todo estar com ele.
Nada feito, passado algum tempo entrou e mal nos viu veio logo cumprimentar e perguntar se estava aborrecida, (eu, uma lady) disse que não, não ia dar parte fraca, era o que havia de faltar. Ausentou-se um pouco da nossa beira para ir falar com uns colegas mas numa questão de minutos voltou, pegou numa cadeira e sentou-se.
Ri-me disfarcei mas estava lixada e bem lixada com ele. Entretanto trocamos de mesa porque aquela não era suficiente para toda a gente, o D já se pode juntar. Durante algum tempo estivemos os quatro e o L ao é de mim, lembro-me de pensar, que não era assim não feinho, parvoíces.  Passado algum tempo chegou a M e o V. Desta vez não houve muitas rodadas de caipirinhas, não sei porque deu-me a neura e não me apeteceu falar com ninguém muito menos com o L. Tentou falar, e não sei quê... mas não me apetecia falar com ele. Toda a gente já estava a reparar e começavam a comentar que eu não estava normal. Lá tive de dar o ar da minha graça e mudar o humor, até porque a M e o V iam sair mais cedo e não podia deixar a J na mão.
Quando eles saíram, o L começou a lavar roupa suja frente à J e ao D, que vergonha, tipo, não tinha nada que estar a dizer o que se passava, apetecia-me matá-lo. e
A partir dai, comecei a picá-lo de tal forma que já estava a ficar aborrecido e só dizia: "não sei porque estas a fazer isto". Fácil, ninguém diz o que ele diz e depois fala noutras.
Entretanto o D perguntou se íamos com eles para o piolho que era rápido e tal, note-se, já era 1h30 da manhã e eu tinha aulas ás 8h30. Para não ser chunga lá fomos. Não fomos para o piolho fomos para o 77  e pimba três minis. Já estava a começar a sentir-me mole, e pronto, lá fui baixando a guarda. A dada altura o D disse que eu estava a ser muito mazinha e pronto acalmei. Acalmei mas estava lixada na mesma, o camelo, só mandava sorrisos, que parolo.
Pronto, escusado será dizer que eram 4h ou mais da manhã quando saímos de lá. Pelo caminho começaram a dançar gangnam style, deitaram-se no chão e tudo. Depois deu ao L para dançar tango, em plena Cordoaria de madrugada a dançar tango, nem sei o que senti, mais tarde quando me lembrar conto o que senti ao dançar tango com ele. Segui-se o D e a J mas durante menos tempo.
Entramos para os carros mas o L, lembrou-se que o tinha de levar até ao carro do D, (os dois carros ficaram estacionados com 3 carros de intervalo) e não saia, tive de sair e tirá-lo, agarrou-se a mim e deu-me um beijo... vá, na cara e depois deu-me uma palmada no rabo, olha o carago, até fiquei a pensar.
E pronto foi assim mais uma noite de quinta feira... cheia de doideiras ;)

                                                  (J e D a dançar tango frente ao piolho)
                                                  (C e L a dançar tango frente aos semáforos)
                                                

6 comentários:

  1. kakakakak ... Isso parece k no meio d tanta xatice voces vao s entender!
    Se nao queres que ele volte a lavar roupa suja em frent dos outros é melhores avisá-lo já!!! sim?? =) **********Beijinho****************

    ResponderEliminar
  2. Noite movimentada a de vocês.
    Bom fim de semana
    beijos

    ResponderEliminar
  3. Pois, é dificil analisarmo-nos a nos proprios por vezes :)

    ResponderEliminar
  4. Eh lá! Mas tu andas aí numas vidas! Isso não tarda dá namoro!

    ResponderEliminar

Escreve, escreve, que eu gosto muito de ler as coisas boas que escreves.
Respostas a questões e comentários serão feitos por aqui, por isso, volta, para leres o que te escrevi.
Um beijinho com sabor a cereja para ti!